Pular para o conteúdo

SÃO JOÃO PAULO IT: “NÃO SEJA COMO O JOVEM RICO QUE GUARDOU SUAS RIQUEZAS E SUAS TRISTEZAS”

Mensagem do Papa João Paulo II para o XXVI Dia Mundial de Oração pelas Vocações


Dirijo um pensamento especial aos jovens que frequentam as escolas católicas, tendo presente também todos os jovens cristãos, chamados a uma corajosa opção de fé, independentemente do tipo de escola que frequentem.

Para aqueles de vocês que tiveram a chance e a sorte de crescer em uma escola de inspiração cristã, digo que a sua situação é privilegiada. A Igreja investe preciosas forças pastorais na vossa escola e precisamente por isso precisa da vossa colaboração. Enriqueça sua inteligência com o estudo crítico e profundo dos diversos assuntos. Isso fortalecerá sua fé e o capacitará a dar um testemunho cristão mais eficaz ao mundo. Aprenda em sua escola essa integração entre fé e cultura tão difícil de alcançar em um ambiente social nem sempre imbuído de valores cristãos. Aprenda, acima de tudo, constatar uma síntese construtiva entre fé e vida

Encontrareis muitas propostas de vida cristã no ambiente da vossa escola, certamente mais do que noutros lugares. Está em suas mãos não deixá-los se perder, mas recolhê-los em um coração bem disposto para que dêem frutos saudáveis. Abram-se à oração e à Palavra que nutre a fé, exercitem-se no exercício da caridade, colaborem nas iniciativas de serviço, especialmente em favor dos últimos.” Vida de crentes, certos de que se comprometem com uma grande causa e podereis sentir melhor a voz do Espírito Santo.

Animo jovens! Cristo vos chama e o mundo vos espera! Lembre-se de que o reino de Deus precisa da sua dedicação generosa e total. Não sejais como o jovem rico que, convidado por Cristo, não soube decidir-se e ficou com os seus bens e com a sua tristeza (Mt 19, 221, 1, que fostes interpelados por um olhar de amor (Mc 19, 21) Seja como aqueles pescadores que, chamados por Jesus, deixaram tudo imediatamente e se tornaram pescadores de homens (Mt 14, 18-22).