Pular para o conteúdo

São João Paulo II: Você tem medo?

MENSAGEM DO PAPA JOÃO PAULO II PARA O XVI DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES (1979)

Falei particularmente à vocês, jovens. Em vez disso, gostaria de falar com vocês, com cada um de vocês, vocês são muito queridos para mim e tenho muita confiança em vocês. Eu os chamo de esperança da Igreja e minha esperança.

Vamos lembrar algumas coisas juntos. No tesouro do Evangelho conservam-se as belas respostas dadas ao Senhor que chamou. A de Pedro e a de seu irmão André: “Deixaram imediatamente as redes e o seguiram (Mc 4, 20). A do publicano Levi: “Ele deixou tudo, levantou-se e o seguiu” (Lc 5, 28). Dos Apóstolos: “Senhor, aonde iremos nós? Tu tens palavras de vida eterna” (Jo 6, 68). Saulo: “Que devo fazer, Senhor?” (Atos 22, 10). Muitos homens e mulheres deram a sua resposta pessoal, a sua resposta livre e consciente a Cristo que chama, escolheram o sacerdócio, a vida religiosa, a vida missionária como objetivo ideal da sua existência, serviram o povo de Deus. E a humanidade com fé, com inteligência, com coragem, com amor. Sua hora chegou. Cabe a você responder. Você está com medo?

Reflitamos, então, juntos à luz da fé. Nossa vida é um dom de Deus, devemos fazer algo de bom. São muitos os modos de viver bem a vida, colocando-a ao serviço dos ideais humanos e cristãos. Se hoje vos falo da consagração total a Deus no sacerdócio, na vida religiosa e na vida missionária, é porque Cristo chama muitos de vós a esta extraordinária aventura. Ele precisa, quer precisar do seu pessoal, da sua inteligência, da sua energia. Da vossa fé, do vosso amor e da vossa santidade. Se Cristo vos chama ao sacerdócio, é porque quer exercer o seu sacerdócio através da vossa consagração e missão sacerdotal. Ele quer falar aos homens de hoje com a sua voz. Consagrai a Eucaristia e perdoai os pecados por vosso intermédio. Ame com o coração. Ajude com as mãos. Economize com seu cansaço, pense bem nisso. A resposta que muitos de vós podem dar dirige-se pessoalmente a Cristo, que vos chama a estas grandes coisas.

Você encontrará dificuldades, talvez pense que eu não as conheço? Eu te digo que o amor supera qualquer dificuldade. A verdadeira resposta a toda vocação é uma obra de amor. A resposta à vocação sacerdotal, religiosa e missionária só pode nascer de um profundo amor a Cristo. Esta força de amor é oferecida a você por Ele mesmo, Como um dom que se soma ao dom do seu chamado e torna possível a vossa resposta. Tenham confiança “Aquele que é poderoso para nos fazer abundar mais do que pedimos ou pensamos (Ef 3, 20), E, se puderes, dá a tua vida com alegria, sem medo, Àquele que antes deu a sua por ti.