Pular para o conteúdo

São João Paulo II: “Precisamos do testemunho de homens e mulheres que mostram a fecundidade de uma existência que tem sua fonte em Deus”

Mensagem do santo padre João Paulo II para a o XXXVIII dia mundial de oração pelas vocações (2001)

A leitura cristã da existência deve fazer um balanço de alguns comportamentos da cultura ocidental, em que Deus é praticamente marginalizado da vida cotidiana. Eis porque é necessário um empenho consistente de toda a comunidade cristã para “reevangelizar a vida”. O testemunho de homens e mulheres que mostram a fecundidade de uma existência que tem a sua fonte em Deus, na docilidade à ação do Espírito a sua força, na comunhão com Cristo e com a Igreja a garantia de sentido é adequado a esta obrigação pastoral fundamental .autêntico do cansaço diário. É conveniente que na Comunidade cristã cada um descubra a sua vocação pessoal e responda com generosidade. Cada vida e vocação e cada crente são convidados a cooperar na construção da Igreja. No «Dia Mundial de Oração pelas Vocações», porém, a nossa atenção dirige-se especialmente à necessidade e urgência dos ministros ordenados e das pessoas dispostas a seguir Cristo no seu exigente caminho de vida consagrada com a profissão dos conselhos evangélicos.

Urge ministros ordenados que sejam “garantia permanente da presença sacramental de Cristo Redentor nos diversos tempos e lugares” (Christifideles laici, 55) e, com a pregação da Palavra e a celebração da Eucaristia e outras Sacramentos, guiam as Comunidades cristãs pelos caminhos da vida eterna.

Há necessidade de homens e mulheres que, com o seu testemunho, se mantenham “vivos nos batizados a consciência dos valores fundamentais do Evangelho” e fazer “despertar continuamente na consciência do Povo de Deus a necessidade de responder com santidade de vida ao amor de Deus derramado nos corações pelo Espírito Santo, refletindo em sua conduta a consagração sacramental realizada por Deus no Batismo, na Confirmação ou na Ordem (Vita consecrata, 33).

Que o Espírito Santo suscite abundantes vocações de especial consagração, a fim de promover no povo cristão uma adesão cada vez mais generosa ao Evangelho e tornar mais fácil a todos compreender o sentido da existência como transparência da beleza e da santidade da Deus.