A Igreja é mãe e missionária

Por ser a Esposa de Cristo, ela deve gerar homens de todos os tempos e lugares para o Reino de Deus, esse é o verdadeiro sentido da missão da Igreja.

Neste mês de outubro, ano em que se celebra a semana de oração pelas missões, queremos unir-nos a toda a Igreja, implorando de forma muito particular ao Dono da messe que aumente o número dos seus operários, que nos conceda numerosos santos sacerdotes e religiosos para levar  o Evangelho até os confins do mundo.

No entanto, quem se consagrou a Deus não deve esquecer o que São João Paulo Magno ensinou tão claramente:

“A contribuição específica que os homens e mulheres consagrados oferecem à evangelização está, antes de tudo, no testemunho de uma vida totalmente doada a Deus e aos irmãos, à imagem do Salvador que, por amor ao homem, se fez servo. Na obra da salvação, de fato, tudo provém da participação no divino ágape. As pessoas consagradas tornam visível, na sua consagração e total dedicação, a presença amorosa e salvadora de Cristo, o consagrada do Pai, enviado em missão. Eles, ao se deixarem conquistar por Ele, se preparam para  tornar-se, de certa forma, uma extensão de Sua humanidade. A vida consagrada é a prova eloquente de que quanto mais se vive de Cristo, melhor se pode servi-lo nos demais , alcançando os postos avançados da missão e assumindo os maiores riscos ”.

“Todo compromisso de santidade, toda ação voltada para o cumprimento da missão da Igreja, toda realização de projetos pastorais, deve buscar do mistério eucarístico a força necessária e ser ordenada a ele como seu ponto culminante. Na Eucaristia temos Jesus, temos o seu sacrifício redentor, temos a sua ressurreição, temos o dom do Espírito Santo, temos a adoração, a obediência e o amor ao Pai. Se negligenciarmos a Eucaristia, como podemos remediar a nossa pobreza? ”

É no Sacramento do Altar que a Igreja contempla de maneira incomparável o mistério do Calvário, o sacrifício do qual brota toda a graça da evangelização. Na contemplação de Mistério eucarístico  aprende-se a imitar Aquele que se faz pão partido e derrama sangue para a salvação do mundo.

E é também aí, no sacramento da Eucaristia, onde aprendemos a ser mães e pais espirituais.

A adoração eucarística para o mês de outubro começa na quarta-feira, 14, às 15h00. concluindo na sexta-feira, dia 16, às 6 da manhã.

Tenham todos um mês abençoado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *