Verónica Ruiz de Torres

O presente da vocação religiosa dado por Deus foi despertado na minha família através de um desejo que nunca está satisfeito: Rezar pela santidade dos padres e vocações religiosas, vocações santas e duradouras.
A Necessidade de Salvar Almas: Como é urgente!! E como podemos salvar essas almas? Escutando nosso Senhor Jesus Cristo, aprendendo sobre Ele e como amar Ele!
E como ele pode ser conhecido e amado? Por padres e religiosos/religiosas santos e perseverantes que levam sua palavra e sacramentos ao redor do mundo.
Então, alguém surgiu com uma grande ideia chamada “40 horas”. Acredito que foi uma inspiração pois todo mês no dia 14, eles se reúnem, um por um, mães e mulheres que não são mães mas desejam ter filhos consagrados ou simplesmente percebem a grande necessidade de rezar pela intenção que Nosso Senhor pediu para nós.
E eu particularmente durante as “40 horas” tenho no meu pensamento a ideia de uma multidão de vozes que chegam aos céus, vozes que chegam de todas as partes so mundo. Um uníssono de orações que se erguem como uma coluna de fumaça até todos os confins da terra. Que lindo imaginar isso!! Nada mais do que rezar pelo pedido que Nosso Senhor nos instruiu: “Disse, então, aos seus discípulos: A messe é grande, mas os operários são poucos. Pedi, pois, ao Senhor da messe que envie operários para sua messe. (Mateus 9:37,38). No fim eu acredito que é algo muito bom, apesar de parecer algo pequeno para cada um de nós: uma, duas ou três horas de oração durante esses dias.
Me faz pensar na chuva de Rosas de Santa Teresinha, que caem do céu, em nossos Sacerdotes e Religiosos/Religiosas. Também caindo sobre os jovens que querem ou um dia terão o desejo de seguir a vocação.
Todos os escritos de uma Santo, missionário ou um testemunho que aparece todo mês através das “40 horas” é mais um incentivo para continuar.
Nos ajude a expandir esse apostolado! Para que o nosso barulho se torne tão alto que até o céu irá se juntar ao nosso exército, fazendo despertar mais e mais almas apaixonadas que deixam tudo para amar a Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *